Geral

Deslizamento após tempestade deixa 40 desaparecidos

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 10 de julho (Folhapress) - As fortes chuvas que atingem o sudoeste da China provocaram hoje um grande deslizamento de terra na cidade de Zhongxing, na província de Sichuan. Até o momento, duas pessoas morreram e pelo menos 30 estão desaparecidas.

Segundo a agência de notícias Xinhua, o desmoronamento atingiu uma área de 2 km de comprimento e arrastou cerca de 1,5 milhão de metros cúbicos de lama, rochas e escombros, que esmagaram 11 casas da região. Bombeiros e militares foram acionados para tentar resgatar as pessoas que continuam soterradas.

As autoridades locais confirmaram que os dois mortos identificados são um cidadão da mesma cidade e um turista. Tanto os aldeães que vivem nas imediações do deslizamento quanto os turistas presentes na cidade foram realocados a regiões seguras.

O deslizamento acontece em meio às cheias do rio Panjiang, na mesma província, que causaram ontem o desabamento de uma ponte na cidade de Jiangyou. Vários veículos caíram na água e pelo menos 12 pessoas continuam desaparecidas. Outras duas pontes caíram na mesma região.

O sul da China sofre todos os verões com fortes chuvas e inundações. O serviço meteorológico informou que a precipitação continuará intensa e a região está em alerta azul, o quarto na escala de prevenção de desastres.

A província de Sichuan é a mesma atingida por um terremoto em 2008, que deixou mais de 90 mil mortos.
 

continua após publicidade