Geral

Secretário muda delegado e investigação no caso Tayná

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Secretário muda delegado e investigação no caso Tayná
fonte:
Secretário muda delegado e investigação no caso Tayná

O secretário de Segurança do Paraná, Cid Vasques, tomou 3 providências acerca do caso Tayná, depois que se colocou dúvidas sobre a autoria: 

1 – Atuação se ofîcio da Corregedoria da Polícia Civil para apurar a ocorrÄ—ncia de irregularidade, falha, omissão ou distorção na condução do inquérito.

2- Designação de outro delegado para proceder as investigações complementares e realizar as diligências eventualmente solicitadas pelo MP (o delegado do Alto Maracanã sai do caso).

3 - Designação do delegado Rafael Vianna, da Assessoria Civil da Secretaria, para acompanhar toda a tramitação do inquérito e eventuais desdobramentos de modo a permitir ao secretário o conhecimento pleno de todas as ações desencaeadas para esclarecimento da verdade.


O sêmen encontrado no corpo da adolescente Tayná Adriane da Silva, de 14 anos, morta no dia 25 de junho em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), depois de um suposto estupro, não é dos quatro suspeitos presos, apontados como autores do crime. A informação foi confirmada na manhã desta terça-feira (9) pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná (Sesp), após a conclusão do laudo da Polícia Científica, que fez exame de DNA. 

Segundo a assessoria de imprensa da Sesp, os órgãos envolvidos nas investigações sobre o caso participaram de uma reunião na manhã de hoje, na sede do Instituto Médico Legal (IML) da capital, para definir uma nova linha de atuação. Como o inquérito já foi entregue ao Ministério Público do Paraná (MP-PR) e ao Poder Judiciário, na última sexta-feira (5), porém, caberia agora ao promotor solicitar mais informações sobre o que aconteceu. Até o momento, não foi identificado de quem é o sêmen. 

continua após publicidade