Geral

Marcha das Vadias acontece no sábado em Curitiba

Da Redação ·
Fonte - Blog do jornalista Fabio Campana
fonte:
Fonte - Blog do jornalista Fabio Campana

A Marcha das Vadias, manifestação que acontece há três anos em Curitiba, volta à ruas neste sábado dia 13. O encontro foi marcado na praça da Mulher Nua, a praça 19 de Dezembro, às 11 horas. De lá, manifestantes partem em caminhada até a Boca Maldita. A Marcha das Vadias levanta bandeiras contra a violência de gênero, o machismo, a homofobia, a lesbofobia, a transfobia, o racismo e todas as formas de opressão. Desde sua primeira edição, em 2011, a Marcha das Vadias de Curitiba ressalta a cultura da violência e o cenário assustador da situação da mulher na capital paranaense, na região metropolitana e em todo o estado do Paraná. “Somos o terceiro estado que mais mata mulheres no país, a quarta capital em número de feminicídios, e Piraquara é a segunda cidade do país no ranking de assassinatos de mulheres. A cada semana uma mulher é estuprada em Curitiba e todos os dias mais de 25 mulheres são agredidas em nossa cidade”, lembram as organizadoras. Trajeto e atos A marcha partirá da Praça 19 de Dezembro – Praça da Mulher Nua em caminhada até a Boca Maldita, onde será concluída. O trajeto é semelhante ao dos anos anteriores: Rua Barão do Serro Azul, Praça Generoso Marques (Mulher da Lata d’Água), e calçadão da XV de Novembro. Durante todo o caminho acontecerão atos (paradas) para marcar as diferentes forma de violência e opressão contra a mulher. Os atos vão problematizar questões como aborto, Estado laico, violências contra a mulher negra, estatísticas de violência no Paraná, entre outros. Serviço Manifesto da Marcha das Vadias – http://marchadasvadiascwb.wordpress.com/manifestos/2013-2/ Manifesto das Mulheres Negras – http://marchadasvadiascwb.wordpress.com/manifestos/manifesto-mulheres-negras-de-curitiba/

continua após publicidade