Geral

Após suspensão, tarifa da Copel vai subir 9,55%

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Após suspensão, tarifa da Copel vai subir 9,55%
Após suspensão, tarifa da Copel vai subir 9,55%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aceitou o parcelamento do reajuste na tarifa da Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel). No dia 20 de junho, o governo do Paraná pediu a suspensão do reajuste de 14,61%. 

O aumento médio será de 9,55% neste ano e o restante (5,06%) fica para 2014. Para clientes de baixa tensão, como as residências, o aumento será de 9,72%. Já as indústrias, consideradas clientes de alta tensão, terão reajuste de 9,32%. 

Em comunicado ao mercado, a Copel informou que o reajuste é retroativo a 24 de junho deste ano. "A decisão da Aneel atende a manifestação do Governo do Estado do Paraná e evita que a Copel Distribuição seja afetada em seu equilíbrio econômico-financeiro", diz o comunicado, assinado pelo diretor de Finanças, Relações com Investidores e de Controle de Participações, Luiz Eduardo da Veiga Sebastiani.

continua após publicidade