Geral

Alckmin diz que governo vai investigar fraude em licitação

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 5 de julho (Folhapress) - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou hoje que a Controladoria-Geral do Estado vai investigar a suspeita de que empresas fraudaram licitações do metrô. Ontem, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e a Polícia Federal cumpriram mandados de busca e apreensão na sede de 13 empresas localizadas em Brasília e nas cidades paulistas de Diadema, Hortolândia e São Paulo. Elas são suspeitas de terem fraudado licitações para a manutenção, reforma e compra de trens da CPTM; construção da linha 5-lilás e extensão da linha 2-verde do metrô de São Paulo; e manutenção do metrô do DF. "O governo é o maior interessado [na investigação]. Dará todas as informações e também fará investigação própria, pela Corregedoria", afirmou Alckmin. A investigação apura se as empresas combinavam preços para que fossem contratadas por valores acima dos que seriam praticados.  

continua após publicidade