Geral

Vídeo flagra agressão a manifestantes no ABC; PM abre inquérito

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 4 de julho (Folhapress) - A Policia Militar abriu um inquérito para apurar a denúncia de que PMs agrediram manifestantes durante um protesto ocorrido na última segunda-feira em São Bernardo do Campo (na Grande São Paulo). Dois vídeos divulgados na internet mostram a agressão. As imagens mostram um grupo de manifestantes sendo encurralados pela polícia, que atira bombas de gás lacrimogêneo dos dois lado da rua. Em seguida, os PMs se aproximam e agridem os jovens com cassetetes. Um manifestante que fica para trás sofre novas agressões após a dispersão, e depois é algemado. Em nota, a PM afirmou que "de acordo com as provas obtidas, os policiais militares envolvidos serão processados, podendo ser demitidos, além de arcarem com as consequências penais de seus atos." O protesto chegou a bloquear a rodovia Anchieta e chegou à região central da cidade. Cerca de 5 mil pessoas participaram do ato, segundo os organizadores. Com apoio do Movimento Passe Livre, o grupo reivindica revogação do aumento das tarifas de ônibus e melhorias na mobilidade urbana. Manifestantes disseram ter entrado em confronto com PMs após chegar ao paço municipal. Policiais teriam pedido para que eles abaixassem e deitassem. Após desobedecer ao comando, os policiais teriam jogado bombas de gás lacrimogêneo e atirado balas de borracha. Durante o ato, um jovem foi atingido por um tiro disparado por um homem que passava de carro pelo local. Um outro rapaz foi atingido por bala de borracha no olho e na cabeça. Os dois foram para o hospital central receber atendimento médico.  

continua após publicidade