Geral

Bando armado rouba joalheria no shopping Morumbi

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 2 de julho (Folhapress) - Um bando de ao menos dez ladrões roubou no início da noite de hoje uma joalheria no shopping Morumbi, zona oeste de São Paulo. Pouco antes das 19h, o grupo armado entrou na joalheria Sayegh, rendeu os funcionários e levou joias que estavam no mostruário da loja.

Ao intimidar os vendedores, um dos ladrões disparou um tiro, mas ninguém foi atingido, segundo a Polícia Militar.

Ainda segundo a PM, um dos seis veículos usados pelos criminosos na fuga foi abandonado na marginal Pinheiros com parte das joias roubadas. A PM suspeita que esse carro, um Peugeot 407 preto, foi deixado propositalmente para desviar o foco dos policiais, que buscavam o bando na região do shopping.

Um fato que chamou a atenção da PM é que os bandidos usaram dois táxis para fugir. Por enquanto, a polícia não sabe se os donos dos táxis eram reféns dos criminosos ou colaboraram com a fuga dos ladrões.

Os outros veículos, uma Tucson preta e duas motocicletas, foram vistos perto da favela de Paraisópolis pouco após o assalto.

Procurado, o shopping Morumbi se limitou a informar que nenhum cliente ou funcionário saiu ferido do assalto e que o centro comercial funcionou normalmente após a ocorrência. Na joalheria Sayegh, nenhum funcionário quis conceder entrevistas.

Até a noite de hoje, o caso ainda não havia sido registrado em uma delegacia de polícia. O caso deverá ficar sob a responsabilidade do Deic (departamento que investiga o crime organizado).

Neste ano, ao menos outras três joalherias em shoppings paulistanos foram roubadas. Os crimes aconteceram nos dias 12 de fevereiro, no Ibirapuera, no dia 3 de março, no Boavista, e no dia 28 de março, no Santa Cruz.
 

continua após publicidade