Geral

Série de explosões mata ao menos 31 em Bagdá

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 2 de julho (Folhapress) - Pelo menos 31 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas hoje após uma série de nove explosões contra mercados e áreas comerciais de Bagdá, no Iraque. As ações aconteceram em bairros de maioria sunita e xiita.

Segundo autoridades locais, o ataque mais mortal foi no bairro de Shaab, de maioria xiita, após a explosão de dois carros-bomba em frente a um mercado. Além disso, três pessoas morreram e 11 ficaram feridas após a explosão de um carro-bomba na zona de Al Kamaliya, no leste da cidade.

As outras duas vítimas confirmadas morreram após a explosão de um veículo carregado com explosivos, que estava situado em um estacionamento no distrito de Al Daura, no sul da capital. Nenhum grupo reivindicou as explosões até o momento.

Os ataques recorrentes desde o início do ano aumentaram os temores de um conflito mais amplo em um país onde curdos, xiitas e sunitas ainda têm de chegar a um compromisso estável de partilha de poder.

Os insurgentes têm recrutado forças na minoria sunita do Iraque, que se sente pressionada pela dominação xiita desde a invasão liderada pelos Estados Unidos que derrubou Saddam Hussein em 2003.

As tensões sectárias foram inflamadas pela guerra civil na vizinha Síria que está rapidamente se espalhando por toda a região, atraindo combatentes xiitas e sunitas do Iraque e de outros lugares para lutar em lados opostos do conflito.
 

continua após publicidade