Geral

Sem terra fecham Candido Portinari entre Franca e Ribeirão

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 1 de julho (Folhapress) - Manifestantes ligados a movimentos pela reforma agrária fecharam a rodovia Candido Portinari na manhã de hoje, em trecho próximo ao acesso a Restinga (389 km de São Paulo).

Eles pedem a renegociação de dívidas com o governo e a liberação de créditos para produção e habitação.

Cerca de cem pessoas fecharam o km 379 da pista sul, no sentido Franca-Ribeirão Preto, às 9h50. Meia hora depois, a pista norte também foi paralisada.

Os manifestantes são do assentamento 17 de Abril, da antiga fazenda Boa Sorte, em Restinga. O ato é pacífico, segundo a assessoria da concessionária Autovias, que administra o trecho.

Segundo a empresa, a pista sul já foi liberada -a assessoria não soube informar se houve congestionamento.

A Polícia Militar Rodoviária já sinalizou desvio no local para a rodovia Fábio Talarico.
 

continua após publicidade