Geral

Governo anuncia passe livre estudantil a partir de agosto

Da Redação ·





Por Felipe Bächtold

PORTO ALEGRE, RS, 27 de junho (Folhapress) - O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), anunciou hoje que os estudantes terão passe livre em quatro macrorregiões do Estado a partir de agosto.

As áreas beneficiadas serão: a região metropolitana de Porto Alegre, a aglomeração urbana do Litoral Norte, a aglomeração urbana Sul (Eixo Pelotas/Rio Grande) e a aglomeração urbana Nordeste (Eixo Caxias/Bento).

A medida vale para os ônibus intermunicipais e terá um custo estimado de R$ 10 milhões por ano. Segundo o governador, o Estado vai remanejar despesas de outras áreas para bancar a iniciativa. Ele não descarta, porém, que os valores sejam "jogados para a tarifa e socializados pela população".

Tarso também afirmou que o preço da tarifa intermunicipal dessas regiões está congelado. Hoje, o custo da passagem entre Porto Alegre e Canoas, a maior cidade vizinha, é de R$ 3,30.

O anúncio do governador foi feito em um encontro com ativistas e movimentos sociais. O petista disse que a medida "não é uma benesse", mas uma "vitória" da mobilização que tomou as ruas do país neste mês.

"Vai sair caro para o Estado, mas é importante porque dá conforto para aquelas pessoas que estavam na rua lutando e que estão obtendo aqui uma vitória concreta."

O passe livre é uma bandeira tradicional dos grupos que iniciaram os protestos pelo país, originalmente voltados à redução da tarifa. Porto Alegre foi a primeira grande cidade do país a ter manifestações sobre o tema neste ano, ainda em março. Em abril, a Justiça local determinou a redução da passagem.

No anúncio de hoje, Tarso atendeu outra reivindicação desses movimentos e afirmou que vai abrir a "planilha" dos transportes da região metropolitana. A medida, diz ele, servirá para detectar "gorduras" nos custos do sistema.

O governador já havia sinalizado que adotaria o passe livre na última sexta-feira, quando defendeu estudos sobre o assunto e afirmou que gostaria de ser um "porta-voz" da causa no país.

A reportagem procurou a Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos de Passageiros do Estado, que informou que por enquanto não irá se manifestar.

O Rio Grande do Sul é o segundo Estado a anunciar a isenção da tarifa nesta semana, após o recrudescimento das manifestações de rua. O governo de Goiás decidiu dar passe livre a estudantes da região metropolitana de Goiânia que estejam cadastrados em programas sociais.
 

continua após publicidade