Geral

Câmara aprova CPI dos Transportes apresentada por partido de Haddad

Da Redação ·





Por Giba Bergamim Jr.

SÃO PAULO, SP, 27 de junho (Folhapress) - Os vereadores de São Paulo aprovaram na tarde de hoje a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigará os contratos do sistema de ônibus e vans da cidade. Foram favoráveis 40 dos 55 vereadores.

A CPI aprovada foi apresentada pelo petista Paulo Fiorilo, que deve ser o presidente da comissão. Também vão compor a CPI o vereador Milton Leite (DEM), que deve ser o relator, Floriano Pesaro (PSDB), Dalton Silvano (PV), Edir Sales (PSD), Milton Leite (DEM), Adilaon Amadeu (PTB), Nelo Rodolfo (PMDB).

Com exceção de Pesaro, todos são da base de sustentação de Fernando Haddad (PT).

Havia outras duas propostas para abertura de CPI com esse mesmo tema. Uma de Ricardo Young (PPS), que é de oposição, e Paulo Frange (PTB), vereador da base governista.

Votaram contra o PSDB, PSOL, Ricardo Young (PPS). Os opositores chamaram a CPi aprovada de chapa branca, já que ficará nas mãos do próprio PT, e disseram que ela não vai abrir a "caixa preta" do transporte público. Isso porque os membros da mesa da comissão (como presidente e relator) serão aliados do prefeito Fernando Haddad no legislativo.

O petista disse que a comissão que ele propôs irá, sim, "abrir as planilhas" das viações (ou seja, revelar quais são os custos das empresas e como se formam os preços das tarifas), além de "discutir a qualidade do transporte". Ele também afirmou que a CPI proposta por Young não tem foco, pois têm muitos itens a serem investigados, mas ele não explicitou quais são os pontos que não deveriam ser esmiuçados.

Manifestantes e integrantes se cooperativas de peruas acompanharam a votação. Além de manifestantes, alguns deles bloquearam uma das pistas do viaduto Jacareí, em frente à Câmara.

"Ninguém é contra a transparência. Ninguém é contra empresários e perueiros. Mas somos contra os que boicotam o sistema de transporte", disse Ricardo Young, que sugeriu uma das três CPIs doa transportes apresentadas na casa.
 

continua após publicidade