Geral

Filha diz que líder não lhe parece bem, mas ainda está vivo

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 27 de junho (Folhapress) - O ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela, 94, está em estado muito crítico, embora continue a abrir aos olhos e a reagir a toques, segundo sua filha mais velha, Makaziwe. A Presidência sul-africana informou que o estado de saúde do líder negro piorou nas últimas 48 horas.

Com isso, aumentou a preocupação sobre a morte de um dos principais responsáveis pelo fim do regime do apartheid. Hoje familiares do presidente se reúnem no hospital de Pretória onde Mandela está internado. O presidente sul-africano, Jacob Zuma, passou pela unidade, após cancelar viagem a Moçambique.

Em entrevista à rádio pública SAFM, Makaziwe disse que qualquer coisa pode acontecer com o pai. "Não quero mentir, ele não me parece bem. Mas, se nós tentamos falar com ele, responde e tenta abrir os olhos. Ele ainda está aqui. Ele pode estar minguando, mas ainda está aqui."

"Só Deus sabe quando chegará a sua hora. Vamos esperar junto com ele, com papai, enquanto ele estiver entre nós."

Mandela está internado desde o último dia 8 em um hospital de Pretória, a capital do país, em razão de uma infecção pulmonar. Esta é a quarta vez desde dezembro que o Nobel da Paz é hospitalizado desde o fim do ano passado.

Mandela tem um histórico de problemas pulmonares que datam de seu tempo na prisão em Robben Island, perto da Cidade do Cabo, onde teve tuberculose. Em dezembro, passou quase três semanas no hospital com uma infecção pulmonar, após uma cirurgia para remover cálculos biliares.

Segundo um jornal sul-africano, a capela em Pretória onde seu corpo será velado já está pronta para recebê-lo.
 

continua após publicidade