Geral

Repórter da Folha recebe alta após ser ferida em manifestação

Da Redação ·
Repórter da Folha recebe alta após ser ferida em manifestação
fonte: Folha
Repórter da Folha recebe alta após ser ferida em manifestação

SÃO PAULO, SP, 15 de junho (Folhapress) - A repórter da Folha Giuliana Vallone, que foi atingida no olho por uma bala de borracha disparada por um soldado da Polícia Militar durante o protesto do Movimento Passe Livre na quinta-feira, recebeu alta na tarde de hoje.

Segundo Giuliana, que estava no hospital Sírio-Libanês desde a noite de quinta-feira, a equipe médica informou que ela não terá sequelas.

continua após publicidade
confira também


"O olho continua muito inchado, mas já está abrindo um pouquinho. Vou melhorando a cada dia", contou.

"O médico disse que os óculos me salvaram", contou Giuliana. A bala teria batido em uma das lentes de acrílico, o que diminuiu o impacto do tiro.

Feridos

Pelo menos 15 jornalistas ficaram feridos durante a cobertura do protesto contra a alta da tarifa de transporte em São Paulo na quinta-feira. O levantamento é da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo).

Na lista de agressões sofridas pelos jornalistas estão tiros de bala de borracha, golpes de cassetete, bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e até atropelamento por viatura da Polícia Militar.

Além disso, dois jornalistas --da revista "Carta Capital" e do portal Terra-- foram detidos durante a cobertura da manifestação.