Geral

Polícia invade parque onde manifestantes estavam acampados

Da Redação ·
Crédito da foto: Murad Sezer/Reuters
fonte:
Crédito da foto: Murad Sezer/Reuters

SÃO PAULO, SP, 15 de junho (Folhapress) - Horas depois de o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, ordenar hoje que os manifestantes instalados no parque Gezi desocupassem a área, a tropa de choque invadiu o local.


Para expulsar as pessoas, a polícia disparou bombas de gás lacrimogêneo e canhões de água.


Macas e outros aparatos de auxílio médico estavam posicionados nos arredores para receber possíveis feridos.

continua após publicidade
confira também



Durante a ação, moradores locais apoiaram os manifestantes. Nos prédios, muita gente bateu panelas e frigideiras enquanto, nas ruas, motoristas faziam muito barulho com buzinas.


A ação veio logo depois de um prazo dado por Erdogan num discurso na capital do país, Ancara.

O primeiro ministro afirmou: "se a praça Taksim não for esvaziada, as forças de segurança deste país saberão como fazê-lo. Ninguém pode nos intimidar. Não tomamos nenhuma ordem ou instrução de ninguém, apenas de Deus".