Geral

Google pede que governo dos EUA divulgue pedidos à empresa

Da Redação ·
Google pede que governo dos EUA divulgue pedidos à empresa
fonte: Divulgação
Google pede que governo dos EUA divulgue pedidos à empresa

SÃO PAULO, SP, 11 de junho (Folhapress) - O Google publicou hoje (11), em seu blog oficial, uma carta enviada ao secretário de Justiça americano, Eric Holder, e ao diretor do FBI, Robert Mueller, em que pede a divulgação de todos os números relativos aos pedidos de segurança nacional feitos à empresa.

"O Google tem trabalhado duro nos últimos 15 anos para ganhar a confiança de seus usuários. Nós, por exemplo, oferecemos codificação em nossos serviços, contratamos alguns dos melhores engenheiros do mundo e temos consistentemente recuado nos excessivos pedidos do governo para acessar os dados de nossos usuários", diz o texto.

Segundo a carta, assinada pelo diretor-executivo jurídico da empresa, David Drummond, a informação divulgada na mídia de que a empresa sabia e compactuava com o acesso aos dados de seus usuários "não é verdade".

continua após publicidade
confira também


No entanto, a falta de divulgação dos números sobre a Lei de Vigilância de Inteligência Estrangeira (Fisa, em inglês) que o Google recebe, bem como o número de contas abrangidas por esses pedidos, "alimentariam a especulação", de acordo com a empresa.

"O Google não tem nada a esconder", diz o texto. "Vamos tornar essa carta pública e esperamos uma resposta."

Segundo denúncia publicada no "Guardian" na última semana, o governo americano monitorava, com o aval das empresas, usuários de companhias como o Google, Facebook, Microsoft e Yahoo.

Reportagem do "NYT" informou, inclusive, que Facebook e Google chegaram a discutir a criação de um portal em que o governo poderia solicitar informações sigilosas, e as empresas os forneceriam.