Geral

Márcio Ribeiro chegou a dizer que morreria neste ano, diz Danilo Gentili

Da Redação ·

Por Melina Cardoso SÃO PAULO, SP, 29 de maio (Folhapress) - "Ele fazia piada de tudo. É um exemplo para quem quer viver melhor diante de uma dificuldade." Assim o humorista Danilo Gentili define Márcio Ribeiro, que morreu hoje em Brasília. Os dois se conheceram em 2005, quando Danilo buscava uma oportunidade no stand-up comedy. Ribeiro abriu as portas do recém-lançado "O Clube da Comédia". "O Márcio foi como um parente pra mim", afirma o humorista. Gentili conta como foi o último encontro dos dois -na Virada Cultural-, quando Ribeiro fez Danilo recuar da decisão de jogar o cachê recebido para a plateia. Quando o Márcio me viu pegar o estilingue e o bolo de dinheiro, achou que daria problemas e me convenceu a não fazer isso. No domingo, me ligou e disse para doar o dinheiro para alguma instituição que cuidasse de menores viciados em crack", conta. Em abril, Márcio participou do programa "Agora É Tarde" (Band). Durante a conversa, chegou a dizer que não passaria deste ano -referindo-se às constantes idas ao hospital por causa da saúde debilitada. Ribeiro estava em Brasília para uma apresentação de stand-up com a companhia Setebelos.  

continua após publicidade