Geral

Especialista vê queda da atividade vulcânica na Islândia

Da Redação ·
 Vulcão na Islândia
fonte: Google Imagens
Vulcão na Islândia

A erupção vulcânica na Islândia diminuiu bastante e agora está expelindo muito menos cinzas, afirmou hoje Bryndis Brandsdottir, da Universidade da Islândia, especialista em sismologia do país. "Atualmente, a erupção diminuiu marcadamente", disse. "A coluna de fumaça não se eleva acima dos três mil metros", ou menos da metade de sua altura máxima, acrescentou.

continua após publicidade


A erupção do vulcão Eyjafjallajokull começou na quarta-feira da semana passada e lançou grandes quantidades de cinzas vulcânicas sobre boa parte do norte e oeste da Europa. As partículas poderiam causar danos nos motores dos aviões, levando autoridades a fechar aeroportos e boa parte do espaço aéreo sobre o continente.


O diretor-geral do departamento de Mobilidade e Transporte da Comissão Europeia, Matthias Ruete, disse hoje que não há parâmetros claros para se saber se a cinza vulcânica poderia danificar os motores dos aviões. Ruete explicou, por exemplo, que não está claro a que densidade a cinza vulcânica começa a afetar os motores das aeronaves. Ele afirmou ainda que algumas companhias aéreas realizaram voos testando o espaço aéreo em locais afetados, sem que fossem registrados problemas.

continua após publicidade


Transtornos


Muitos voos foram afetados pelas cinzas. O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, cancelou uma aparição que faria ao lado da chanceler alemã, Angela Merkel, em Hannover, na Alemanha. A dupla participaria da abertura de uma feira de tecnologia. Merkel também cancelou visitas que faria ao Catar e à Argélia, informou o governo alemão.


A Espanha ofereceu seus aeroportos como local de passagem para os passageiros que estão tentando voltar para casa, disse hoje o ministro do Desenvolvimento, José Blanco. Em entrevista à estatal Rádio Nacional, Blanco afirmou que contatou ministros de Transportes de Reino Unido, Alemanha e França, oferecendo a infraestrutura espanhola para voos vindos da Ásia e das Américas.

continua após publicidade


Segundo Blanco, havia 70 mil passageiros britânicos presos nos Estados Unidos que poderiam usar a Espanha como escala e, então, seguir viagem com um ferry, por exemplo. Além disso, o ministro disse que Espanha e França já atuam para ampliar as conexões ferroviárias entre os dois países.


Reino Unido e França


O primeiro-ministro Gordon Brown afirmou que o Reino Unido está enviando navios da Marinha para ajudar a trazer os britânicos para casa. A maioria dos britânicos presos estava na França, mas uma embarcação também pegaria pessoas no norte da Espanha. O Reino Unido fechou seu espaço aéreo por causa das cinzas. Já a França decidiu deixar aberto o espaço aéreo apenas no sul do país, para permitir que as companhias aéreas repatriem os turistas presos no exterior.

continua após publicidade


Hoje, a Estônia decidiu reabrir partes de seu espaço aéreo. Já seu vizinho do Báltico, a Letônia, ampliou o fechamento de seus céus por causa da cinza vulcânica. A Lituânia reabriu seu espaço aéreo na tarde de ontem.


Na Turquia, autoridades retiraram a maior parte das restrições no espaço aéreo nacional. A autoridade aeroportuária turca informou que todos os aeroportos do país estavam abertos. Autoridades canadenses informaram hoje que, aparentemente, há um risco baixo de as cinzas do vulcão islandês atrapalharem o espaço aéreo do país. As informações são da Dow Jones.