Geral

Polícia prende suspeito de disparar tiros antes de corrida no Alemão

Da Redação ·

RIO DE JANEIRO, RJ, 28 de maio (Folhapress) - Policiais prenderam na manhã de hoje um dos cinco suspeitos identificados de efetuar disparos durante a corrida "Desafio da Paz", no conjunto de favelas do Alemão e da Penha, na zona norte do Rio, no último domingo. Segundo a Polícia Civil, Júlio Cesar de Nascimento, 20, foi preso na localidade conhecida como Chatuba, na Vila Cruzeiro, Penha. Nascimento, no entanto, nega à polícia que tenha efetuado os disparos. Até o meio-dia, não havia informações de apreensões. A polícia afirma que continua as buscas pelos outros suspeitos, entre eles Bruno Eduardo da Silva Procópio, o Piná, que teria ordenado e participado do tiroteio. A mulher dele, Fabiana Muniz Toledo, 31, foi detida mais cedo por furto de energia. Ontem, a coordenação da Polícia Pacificadora afirmou que os conjuntos de favelas ganharam reforço de 30% no efetivo de policiais militares depois do episódio de domingo. Até o final da manhã de hoje, não havia informações de outros confrontos. O reforço é formado por policiais de outras UPPs da cidade. Policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Especiais), Choque e Batalhão com Cães fazem operações pontuais nos complexos de favelas. Desde julho de 2012, foram instaladas bases de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) no Alemão e na Vila Cruzeiro. A favela foi ocupada em 2010 pelo Exército que permaneceu no local durante um ano e meio até a entrada dos PMs do Rio.  

continua após publicidade