Geral

Após queda de liminar, Feira da Madrugada deve fechar na próxima semana

Da Redação ·





Por Giba Bergamim Jr.

SÃO PAULO, SP, 27 de maio (Folhapress) - O Tribunal Regional Federal da Terceira Região derrubou uma liminar concedida por um juiz federal que mantinha a Feira da Madrugada, no Brás (região central de São Paulo), aberta.

A decisão altera determinação de um juiz federal, que havia impedido a prefeitura de fechar o local para reforma há duas semanas.

O tribunal acolheu um recurso da prefeitura, com base em laudo do Corpo de Bombeiros, que mostrava que a feira - a qual recebe cerca de 30 mil pessoas, entre clientes, comerciantes e seus funcionários - sofria risco de incêndio, mesmo após reformas feitas por comerciantes no espaço.

O secretário do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo, Eliseu Gabriel, disse que, na próxima semana, deve haver o fechamento da feira por um período de dois meses para reforma.

"Soubemos hoje da decisão judicial e agora vamos retomar o plano de reforma como havíamos previsto no começo do mês", declarou Gabriel.
 

continua após publicidade