Geral

Farc fecha acordo histórico sobre reforma agrária em negociação de paz

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 26 de maio (Folhapress) - O governo da Colômbia e as Farc chegaram a um acordo sobre o primeiro dos seis pontos que compõem as negociações de paz entre ambas as partes. O anúncio foi feito neste domingo em Havana (Cuba), depois de seis meses de debates, e marca o primeiro avanço concreto do atual esforço pelo fim do conflito, que já dura 50 anos.

O acordo, informaram as partes, trata do desenvolvimento econômico e social das áreas rurais colombianas e de uma reforma agrária que beneficie a população dessas áreas, e entrará em vigor quando as negociações de paz forem encerradas.

"Nada está acordado até que tudo esteja acordado", disse o chefe da delegação de Bogotá, Humberto de la Calle.

O tópico da reforma agrária era considerado um dos mais sensíveis, já que foi um dos principais motivos pelos quais as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) surgiram, em 1964. O conflito entre governo e guerrilha, o mais longevo da América Latina, já matou mais de 100 mil pessoas e deixou milhões de deslocados.

O trato de hoje foi divulgado em um ato formal no Palácio de Convenções de Havana ao qual estiveram presentes os negociadores do governo e da guerrilha e representantes dos países fiadores do processo (Cuba e Noruega) e dos acompanhantes (Venezuela e Chile).
 

continua após publicidade