Geral

Dono de canil recupera dois dos oito cães furtados em Rio Preto

Da Redação ·

Por Andréia Fuzinelli SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, SP, 22 de maio (Folhapress) - "O telefonema anônimo parecia um trote, mas era como um prêmio de loteria." A frase do dono de um canil de São José do Rio Preto (438 km de SP) resume como ele reagiu à dica que resultou na recuperação de dois dos oito cães que ele teve furtados. Após receber a ligação, Andrey Virgílio da Silva, 27, comunicou a polícia. Na rua Aparecida do Taboado, bairro Eldorado, zona norte de Rio Preto, acharam na noite de ontem as duas fêmeas, matrizes do canil especializado na raça pug, dentro de uma caixa de papelão. Os oito cães de Silva foram furtados na última sexta-feira. O prejuízo total estimado pode chegar a R$ 32 mil. A Polícia Militar identificou o telefone público de onde partiu a ligação anônima, a poucos metros do local em que os cães foram deixados. A suspeita é que o sequestrador seja a mesma pessoa que fez o telefonema. As duas cachorras recuperadas estavam estressadas e com sede, mas passam bem. Uma delas foi a primeira do canil, Belinha, comprada há quatro anos, quando ele começou a criar essa raça. A outra, Puca, foi adquirida pelo criador recentemente. Está no canil há seis meses. "Acho que os ladrões ficaram com medo por causa da repercussão que está dando esse caso em todo o Brasil", disse Andrey. "Ainda tenho esperança de que entreguem os outros cães [furtados]". A polícia investiga o caso.  

continua após publicidade