Geral

Papa se reúne com vítimas de pedofilia em Malta

Da Redação ·

O papa Bento 16, que realiza uma viagem apostólica ao arquipélago de Malta, no centro do Mediterrâneo, se reúne neste momento com oito vítimas de abusos sexuais cometidos por religiosos.

continua após publicidade

Segundo fontes locais, as vítimas, maltesas, chegaram à Nunciatura Apostólica, em Rabat, pouco antes do Pontífice, que estava em Floriana, onde celebrou uma missa na manhã de hoje.

Ontem, o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, havia falado sobre a possibilidade do encontro. Nos últimos dias, o pontífice também havia se mostrado disposto a reunir-se novamente com vítimas de pedofilia.

continua após publicidade

Em visitas aos Estados Unidos e à Austrália, ambas ocorridas em 2008, ele se reuniu com grupos locais, encontros que não estavam previstos no cronograma oficial. No Vaticano, o pontífice recebeu ainda uma delegação canadense.

Na última semana, malteses pediram para falar em privado com o Papa durante sua estadia no país, renunciando ao protesto que havia sido anunciado anteriormente. O grupo é formado por ex-internos de um orfanato católico da localidade de Santa Venera que foram abusados sexualmente na década de 1980.

Bento 16, que iniciou ontem sua viagem ao arquipélago, completa hoje o segundo e último dia da visita, realizada em ocasião do 1950º aniversário do naufrágio de São Paulo.