Geral

Oklahoma reduz estimativa de número de mortos em tornado

Da Redação ·
 Oklahoma reduz estimativa de número de mortos em tornado
fonte: www.tornadotitans.com
Oklahoma reduz estimativa de número de mortos em tornado





SÃO PAULO, SP, 21 de maio (Folhapress) - A chefe do Instituto Médico-Legal de Oklahoma, Amy Eliott, revisou na manhã de hoje o número de mortos após o tornado que atingiu o Estado. Diferentemente dos 51 mortos e 40 corpos encontrados na noite de ontem, ela informou que apenas 24 corpos foram localizados na tragédia. "O número [de mortos] agora é 24", disse.

Questionada sobre o erro de contagem, ela afirmou que alguns dos corpos foram contados duas vezes por engano e que "ainda há muito caos" entre as equipes.

Ela, no entanto, não descartou que o número de mortos ainda possa aumentar, já que equipes de resgate continuam a buscar vítimas da tragédia em escombros de construções. Uma delas é a escola básica Plaza Towers, um dos prédios mais atingidos pelo tornado e que estava cheia na hora do fenômeno.

Outra instituição de ensino e um hospital também foram destruídos. Outras 145 pessoas ficaram feridas, incluindo 70 crianças. O governo de Oklahoma decretou estado de calamidade em 16 condados afetados pela tormenta.

Nas próximas horas, o presidente Barack Obama fará um discurso. Ontem, ele decretou estado de emergência na região, o que facilitará a liberação de verbas para reconstruir a área atingida.

Em nota, a Casa Branca informou que o mandatário está sendo informado sobre as ações tomadas em relação ao tornado e conversou na noite de segunda com a governadora de Oklahoma, a republicana Mary Fallin, e prestou suas condolências.

Segundo o Serviço Meteorológico dos Estados Unidos, o redemoinho atingiu mais de três quilômetros de diâmetro e ventos de 320 km/h, na categoria EF4 na escala Fujita, que vai até cinco. Dezesseis minutos antes de a tempestade atingir Moore, o órgão emitiu um alerta intensificado, seis minutos antes do usual.

O tornado tocou o solo na cidade de Moore por volta das 15h15 locais (17h15 em Brasília) esteve em ação durante 40 minutos, varrendo uma extensão de 32 quilômetros entre os condados de Moore e Newcastle. Centenas de construções foram destruídas, carros ficaram empilhados e árvores e postes caíram.

O fenômeno aconteceu no auge da temporada de tornados, que começa no fim da primavera e vai até meados do verão no hemisfério Norte. Na noite de domingo, a região tinha sido atingida por outro fenômeno similar, que matou duas pessoas e feriu 39 na cidade de Shawnee, perto de Oklahoma City.

Testemunhas disseram que o tornado desta segunda-feira parecia mais feroz que o fenômeno que atingiu a região em 1999. Na ocasião, 36 pessoas morreram na região de Oklahoma City e 46 em todo o Estado após a passagem do tornado de categoria EF5, com ventos superiores a 320 km/h.
 

continua após publicidade