Geral

RJ: sobe para 256 o nº de mortes por causa da chuva

Da Redação ·
As chuvas têm castigado o Rio de Janeiro
fonte: Agências
As chuvas têm castigado o Rio de Janeiro

Segundo a Secretaria de Saúde e Defesa Civil do município, morreu neste sábado (17) mais uma vítima das chuvas no Rio. Pedro Júnior Ribeiro, de 16 anos, não resistiu aos ferimentos. Ele estava internado no Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio, desde o dia 5 de abril. Mãe e irmãos do menino morreram soterrados no Morro dos Prazeres, em Santa Teresa, no Centro do Rio. Com a morte de Pedro Júnior, são 256 vítimas das chuvas no estado, 69 no Rio. Outras 167 pessoas morreram em Niterói, na Região Metropolitana, 45 só no Morro do Bumba. Já São Gonçalo registrou 16 vítimas fatais.

continua após publicidade

Outros municípios onde ocorreram mortes foram Petrópolis, Paulo de Frontin, Magé e Nilópolis. No Morro do Bumba, em Niterói, na Região Metropolitana, onde 45 pessoas morreram, seguem as buscas por desaparecidos.

continua após publicidade

Os bombeiros retiraram quase metade da lama e do lixo da área de deslizamento. O vice-governador Luiz Fernando Pezão e o ministro das cidades Márcio Fortes visitaram o morro.

continua após publicidade

O governo do estado anunciou que as famílias do Bumba serão levadas para apartamentos que já estão prontos e faziam parte do Programa de Arrendamento Residencial (PAR).

“Tem uns três lugares em estudo perto daqui em que estão bem adiantadas as negociações. A gente está finalizando com a Secretaria de Ação Social da prefeitura e a nossa secretaria de Ação Social, cadastrando. A gente quer ver se finaliza até segunda de manhã as pessoas que saíram daqui”, disse o vice-governador.

continua após publicidade

Dificuldade para cadastro - No sábado, no entanto, quem foi aos postos de atendimento provisório montados na rua do Morro do Bumba não encontrou defensores públicos nem funcionários da secretaria de Assistência Social da prefeitura. Somente os funcionários do Tribunal de Justiça e do Instituto Médico Legal continuaram de plantão.

continua após publicidade

“Basicamente, o que está sendo procurado hoje são as famílias que estão com as casas interditadas e estão recebendo a noticia de que essas casas poderão ser derrubadas”, disse a juíza Simone Novaes.

Uma moradora foi notificada pela Prefeitura de Niterói para sair de casa por causa do risco de deslizamento. Mas, sem o laudo da Defesa Civil do município, não consegue se cadastrar para ser beneficiada.

“Estou numa casa emprestada, a casa não é minha e estou com prazo de sair até o final desse mês. Não sei para onde vou”, disse Andrea Barreto Resende.

Segundo o governo do Estado, os moradores do Morro do Bumba estão sendo cadastrados e ainda não há data prevista para entrega das casas. O vice-governador informou ainda que todas as comunidades em área de risco de Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana, serão cadastradas.