Geral

Choque de polícia e radicais deixa um morto na Tunísia

Da Redação ·
Pelo menos uma pessoa morreu e 15 ficaram feridas neste domingo, 19, em confrontos entre membros de um grupo islâmico radical salafita e a polícia da Tunísia. Os distúrbios ocorreram após o governo ter proibido o encontro anual do grupo, um dia antes de sua prevista realização. O braço local da rede extremista Al-Qaeda conclamou os militantes a não aceitarem a norma do governo e resistir. Cerca de 11 mil homens, entre policiais e soldados, foram mobilizados na cidade de Kairuan, onde seria realizado o encontro. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade