Geral

Museu Nacional da República será gerido pelo MinC

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 17 de maio (Folhapress) - O Ministério da Cultura anunciou hoje que, a pedido da presidente Dilma Rousseff, o Museu Nacional da República, em Brasília, passará a ser administrado pela pasta.

O Museu é atualmente gerido pelo Governo do Distrito Federal. Na tarde de ontem, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, reuniu-se com a ministra da Cultura Marta Suplicy para discutir o processo de cessão do museu.

Segundo o Ministério da Cultura, a mudança ocorre para que a pasta possa tornar acessíveis obras de arte que fazem parte do acervo de empresas estatais, como o Banco Central, Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

Segundo Wagner Barja, diretor do Museu Nacional da República -que tem cinco anos de funcionamento-, o acervo do museu conta atualmente com 500 peças. Além disso, abriga 1.300 obras do Museu de Arte de Brasília (MAB), fechado há sete anos.

Segundo ele, é preocupante o destino dessas obras, como uma pintura de Beatriz Milhazes que vale US$ 1,8 milhões, por exemplo. "Precisamos ver onde que essas obras serão abrigadas agora que o acervo do Museu vai mudar", diz.

Em abril, o Ministério da Cultura estabeleceu uma parceria de quatro anos entre a pasta, o Museu Nacional da República e o Victoria and Albert Museum, de Londres.

O acordo estabeleceu a vinda de uma exposição do museu britânico sobre design, arquitetura, moda, ciência e tecnologia a ser realizado no Museu Nacional da República entre a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Na época, Martin Roth, diretor do Victoria and Albert Museum, disse que a exposição será feita especificamente para o museu. "É um espaço lindo e com uma estética incrível, mas não é neutro, não é funcional, não é um cubo branco", disse.
 

continua após publicidade