Geral

Atrito com Walcyr Carrasco é "fofoca de cabeleireiro", diz Wolf Maya

Da Redação ·

Por Silvana Arantes SÃO PAULO, SP, 17 de maio (Folhapress) - Wolf Maya, diretor de núcleo responsável por "Amor à Vida", novela de Walcyr Carrasco que estreia na próxima segunda na faixa das 21h, na Globo, afirma que os relatos de atritos entre os dois a respeito da condução do folhetim são "conversa de cabeleireiro; é como dizer que a Xuxa não gosta da Angélica". A coluna Outro Canal, da Folha de S.Paulo, assinada pela jornalista Keila Jimenez, noticiou alguns pontos de desacordo entre o novelista e o diretor. Maya disse que Carrasco chegou a "dar uma desmentida no Twitter" a respeito dos relatos de desacordo entre ambos. "Nós nunca nos desentendemos. Saímos da ilha de edição abraçados e emocionados. Estamos muito encantados com nosso novo filho. Daremos mais uma festa para a equipe no sábado em São Paulo. Estamos em plena lua de mel", disse Maya, do Rio, por telefone, na noite de ontem, após assistir ao primeiro capítulo editado da novela. "Mostrei para a alta direção [da Globo] e meio que saiu todo mundo boquiaberto", afirma o diretor. Para Maya, "é muito difícil que a novela não seja um sucesso". Ele diz que a estimativa "não é nem arrogância nem presunção", mas uma conclusão baseada no fato de que a trama "tem vários fatores que interessam". "Amor à Vida" abordará dramas familiares temperados pelas questões da homossexualidade, da religiosidade e da busca desmedida pela fama. O diretor observa que, de acordo com a reação da audiência, "sem dúvida vai acontecer de uns [aspectos da trama] frutificarem mais [que outros]". "Novela tem isso de maravilhoso. Ela muda de trajetória. E o Walcyr é um atleta. Ele plantou muitas possibilidades."  

continua após publicidade