Mais lidas

    Geral

    Geral

    Rússia proíbe que aviões do país sobrevoem a Síria

    Escrito por FolhaPress
    Publicado em 30.04.2013, 13:37:00 Editado em 27.04.2020, 20:30:57
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    SÃO PAULO, SP, 30 de abril (Folhapress) - A agência de aviação russa proibiu hoje a circulação de aviões comerciais do país no espaço aéreo sírio pelo risco de ataque antiaéreo. A decisão foi tomada após uma aeronave com 160 passageiros ter que desviar de rota após quase ser atingida por um morteiro.

    O limite na circulação de aviões é uma das primeiras iniciativas de preservação de seus cidadãos desde o início do conflito, em março de 2011. Moscou é aliado ao regime de Bashar Assad e impediu a aprovação de sanções da ONU (Organização das Nações Unidas) contra o ditador.

    Em comunicado, a Rosaviatsiya (Agência Federal de Transporte Aéreo, sigla em russo) disse que emitiu uma resolução em fevereiro pedindo para que as companhias evitassem o espaço aéreo sírio. Porém, a normativa não foi respeitada e a agência decidiu transformá-la em proibição.

    Ontem a tripulação de um voo da Nordwind Airlines, que saiu de Sharm al Sheikh, no Egito, com destino a Kazan, na Rússia com 160 passageiros, foi obrigada a mudar de rota quando sobrevoava a Síria. Segundo a imprensa russa, o avião quase foi atingido por baterias antiaéreas.

    Nem a companhia nem o governo confirmaram a informação, mas a suspeita aumentou o temor sobre a segurança dos voos que passam pela região, em especial com destino ao Egito e outros países do norte da África.

    Diversas companhias aéreas suspenderam e proibiram as viagens com destino à Síria por temor de ataque aéreo ou falta de segurança nos aeroportos, dentre elas a Emirates, a British Airways e a Turkish Airlines. Nenhum avião comercial ainda foi derrubado nos dois anos de conflito.
     

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Geral

    Deixe seu comentário sobre: "Rússia proíbe que aviões do país sobrevoem a Síria"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.