Geral

População do Rio e Niterói doa 129 toneladas de mantimentos

Da Redação ·

Moradores do Rio de Janeiro e de Niterói não param de fazer doações para as vítimas de deslizamentos e enchentes nas duas cidades. Ao todo, já foram arrecadadas 129 toneladas de alimentos, água potável, material de higiene, roupas e cobertores nos dois municípios. Já o banco Itaú-Unibanco, além de promover uma campanha de arrecadação, vai doar R$ 1 milhão para serem usados no socorro às vítimas das enchentes.

continua após publicidade


Em Niterói, ao todo, foram recebidas 84 toneladas de mantimentos. O Instituto Abel arrecadou 50 toneladas até domingo (11). “Identificamos uma necessidade grande de água, material de higiene, baldes e alimentos. A situação é muito triste e precisamos mesmo ajudar", disse Hélio Borges, diretor administrativo e financeiro do instituto. Ele ressaltou que são necessárias mais doações de fraldas descartáveis e artigos de higiene pessoal (como creme e escova dental, papel higiênico e sabonete).


A quadra do ginásio do 12º Batalhão da Polícia Militar (Niterói) é usada para receber doações.
 

continua após publicidade

No Clube Canto do Rio, também em Niterói, foram contabilizadas 34 toneladas de doações até o domingo (11). A Prefeitura de Niterói informou que são necessárias mais doações de roupas íntimas novas, enlatados e água potável.

Prefeitura de Niterói pede mais doações de roupas íntimas
 

continua após publicidade

“Estamos recebendo muitas roupas íntimas velhas, sem condições de uso. E os desabrigados precisam de peças novas”, informou a assessora de comunicação da prefeitura, Joana Ramalho.
 

No Rio de Janeiro, foram arrecadadas 45 toneladas de donativos. A Guarda Municipal arrecadou 25 toneladas de mantimentos até às 18h de sexta-feira (9). Já a Secretaria Municipal de Assistência Social informou que foram recebidas 20 toneladas de doações, número também da última sexta.