Geral

França aprova lei do casamento homossexual

Da Redação ·
França aprova lei do casamento homossexual
fonte: Arquivo
França aprova lei do casamento homossexual

SÃO PAULO, SP, 12 de abril (Folhapress) - O Senado da França votou a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo hoje, abrindo caminho para que o projeto vire lei, depois de marchas nas ruas que reuniram centenas de milhares de manifestantes a favor e contra a ação.

A medida era uma promessa de campanha dos socialistas liderados pelo presidente François Hollande. Conservadores no país de maioria católica e muitos muçulmanos e evangélicos franceses são contra.

Os senadores aprovaram o texto após uma semana de debates. A Assembleia Nacional o aprovou por ampla maioria em primeira leitura no dia 12 de fevereiro.

No Senado votaram em sua imensa maioria pelo texto as bancadas de esquerda (socialistas, comunistas, ecologistas, radicais de esquerda). A direita (UMP) e os centristas (UDI-UC) se opuseram ao texto, com algumas exceções.

O projeto de lei, aprovado com poucas alterações, retorna em maio à Assembleia Nacional para uma segunda leitura, onde os socialistas têm maioria absoluta. Após a aprovação final, deve entrar em vigor no meio do ano.

O primeiro artigo do texto, o mais importante, que autoriza o casamento e a adoção para os casais homossexuais, foi adotado "em conformidade", ou seja, nos mesmos termos em que foi aprovado em primeira leitura na assembleia.

A França se junta a outros países, incluindo Bélgica, Portugal, Holanda, Espanha, Suécia, Noruega e África do Sul, onde o casamento homossexual é legal.

Os opositores ao casamento homossexual no país já convocaram uma nova manifestação contra a lei para o dia 26 de maio.
 

continua após publicidade