Geral

Morte de Thatcher impulsiona canção sobre bruxa de "O Mágico de Oz"

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 10 de abril (Folhapress) - A música "Ding-Dong! The Witch Is Dead", trilha sonora do filme "O Mágico de Oz" (1939), disparou entre as mais vendidas do iTunes britânico nas últimas 24 horas, e chegou ao segundo lugar das mais baixadas no site da Amazon.

O sucesso está ligado diretamente à morte da premiê britânica Margaret Thatcher. Em português, o título da música quer dizer "ding-dong! A bruxa está morta".

Cantada por Judy Garland, que vive a jovem Dorothy no clássico filme de Victor Fleming, a música comemora a morte da Bruxa Malvada do Oeste, uma das vilãs do filme, e tem seu refrão gritado pelos recém-libertados habitantes da Estrada de Tijolos Amarelos.

Pouco após a notícia da morte de Thatcher, ontem, aos 81 anos, o título da canção surgiu como um dos assuntos mais comentados no Twitter.

Levando a ideia à frente, opositores das políticas da premiê lançaram uma campanha no Facebook propondo que a música se tornasse a primeira nas paradas britânicas -numa demonstração de insatisfação com seu legado.

Enquanto Thatcher foi primeira-ministra do Reino Unido, diversas músicas de repúdio a ela foram gravadas, por nomes como Pink Floyd e Morrissey -este último publicou uma carta na segunda em que a acusava de não ter "um átomo de humanidade".

Uma dessas músicas, "Tramp the Dirt Down", de Elvis Costello, também registrou ascensão no iTunes britânico, chegando ao 79º lugar entre as mais baixadas.
 

continua após publicidade