Geral

Pedreiro é preso por matar jovens de Luziânia

Da Redação ·
Neste sábado (10), um pedreiro de Goiás foi preso por suspeita de matar seis jovens desaparecidos na cidade de Luziânia. O homem teria confessado os assassinatos e indicado o local onde estariam os corpos das vítimas. Dois cadáveres já foram encontrados pela polícia e as buscas continuam na manhã de domingo. As informações são do “Jornal Nacional”. O pedreiro, cujo nome não foi divulgado, já cumpriu pena em Brasília por crimes sexuais. Ele estava sendo investigado pela polícia há dez dias, desde que um parente seu começou a usar o telefone celular de uma das vítimas. Entre dezembro de 2009 e janeiro deste ano, seis adolescentes desapareceram em Luziânia, cidade há 66 km de Brasília. Os jovens, todos meninos, tinham entre 13 e 17 anos e não se conheciam.
continua após publicidade