Geral

Ambiente-SP - (Atualizada)

Da Redação ·

Cetesb multa Petrobras em R$ 10 mi após vazamento no litoral de SP




SÃO PAULO, SP, 8 de abril (Folhapress) - A Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) multou a Petrobras, hoje, em R$ 10 milhões, após o vazamento de combustível ocorrido na última sexta-feira. O óleo atingiu 11 praias das cidades de São Sebastião e Caraguatatuba, no litoral paulista.

Segundo a Cetesb, o óleo utilizado como combustível de navio vazou, por volta das 17h30 de sexta, por conta de uma falha operacional ocorrida durante o abastecimento de um navio no píer junto ao terminal da Transpetro, subsidiária da Petrobras.

A mancha de combustível foi na direção norte do litoral paulista e atingiu as praias de Pontal da Cruz, Deserta, Cigarras, Arrastão, Ponta do Arpoador, Porto Grande e Prainha, no município de São Sebastião. Também chegou até as praias de Massaguaçu, Cocanha, Capricórnio e Mococa, no município de Caraguatatuba.

Algumas praias já tiveram a limpeza concluída, mas a Cetesb alterou a classificação de balneabilidade de oito delas, registrando-as como impróprias para o banho de mar. As praias que tiveram alteração de classificação são Cigarras, Arrastão, Pontal da Cruz, Deserta, Mococa, Cocanha, Massaguaçu e Capricórnio.

A Cetesb disse também hoje, por nota, que está "oficializando a denúncia de crime ambiental ao Ministério Público Estadual, para subsidiar eventuais ações da alçada daquela instituição". O volume e a extensão do vazamento ainda não foram estimados.

A assessoria da Transpetro foi procurada na tarde de hoje para comentar a aplicação da multa, mas ainda não se pronunciou.
 

continua após publicidade