Geral

Polícia apura novo caso de estupro em transporte coletivo

Da Redação ·

RIO DE JANEIRO, RJ, 6 de abril (Folhapress) - A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga um outro caso de estupro ocorrido dentro de transportes coletivo. O crime teria ocorrido no último dia 2 dentro de uma Kombi que fazia o trajeto Alcântara-Engenho Pequeno, em São Gonçalo, região metropolitana. A polícia divulgou ontem o retrato-falado do suspeito. Ele é negro, tem cerca de 50 anos, altura entre 1,70 m e 1,80 m, bigode grisalho e sem cabelo nas laterais da cabeça. Informações sobre o suspeito podem ser passadas para a 73ª DP (Neves), onde o caso está sendo investigado, e para o Disque-Denúncia (0/xx/21-2253-1177). A vítima contou ter entrado no veículo e sentado no banco da frente. Depois que a última passageira desceu, o motorista levou o veículo até um campo aberto e, ameaçando com uma arma, cometeu o estupro. Em seguida, ele a jogou para fora da Kombi e a deixou no local. Há uma semana, um casal de turistas foi rendido dentro de uma van na zona sul do Rio e a mulher foi estuprada por um grupo, também na região de São Gonçalo. Quatro dos criminosos foram presos e um está sendo procurado pela polícia.  

continua após publicidade