Geral

Mandela recebe alta após dez dias de internação

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 6 de abril (Folhapress) - O ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, 94, recebeu alta hoje, após ficar dez dias internado em um hospital de Pretória após tratamento contra uma infecção pulmonar. De acordo com a Presidência sul-africana, ele receberá o resto dos cuidados médicos em sua casa, em Johannesburgo. Em comunicado, o gabinete do presidente Jacob Zuma disse que o líder negro "continua em melhora gradual e sustentada de seu estado de saúde". No hospital, ele precisou fazer um procedimento para a retirada de líquido dos pulmões, causada por um derrame pleural. Esta foi a terceira vez que Mandela é internado na África do Sul desde novembro, quando ficou duas semanas no hospital também com problemas respiratórios. Ele foi encaminhado ao hospital no dia 27, após ter um derrame pleural. Três dias depois, o ex-presidente passou pela retirada de líquido de seus pulmões. O líder negro teve mais uma infecção pulmonar em 2011 e frequentemente é internado com problemas respiratórios causados por uma tuberculose que sofreu quando estava preso na ilha de Robben Island, perto da Cidade do Cabo, onde passou 18 dos 27 anos de detenção durante o regime do Apartheid. Principal figura da luta contra a discriminação racial, ele foi solto em 1990 e em 1993 recebeu, ao lado do último presidente do regime do apartheid, Frederik de Klerk, o Prêmio Nobel da Paz por seu papel nas negociações para instaurar uma democracia multirracial na África do Sul. Um ano depois, foi eleito para um mandato de cinco anos como presidente da África do Sul, sendo o primeiro mandatário negro.  

continua após publicidade