Geral

Chuva forte causa problemas e prejudica aeroporto e trens

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 2 de abril (Folhapress) - As chuvas que atingem parte do Rio de Janeiro desde o início da noite de hoje deixou todos os rios da Baixada Fluminense e da região serrana em estado de alerta por cerca de duas horas. As pancadas provocaram alagamentos, prejudicaram o trânsito e afetaram a circulação de trens. O rio Quitandinha, em Petrópolis, chegou a ficar em alerta máximo devido ao risco de transbordar. Por volta das 22h30, no entanto, todos os rios já tinham retornado para o estado de atenção, que corresponde a previsão de chuva. Os estágios variam entre vigilância, atenção, alerta e alerta máximo. As chuvas mais fortes ocorreram em São Cristóvão, Santa Cruz e Saúde e chegaram a provocaram alagamentos nessas áreas. O aeroporto Santos Dumont, no centro, fechou para pousos de 20h13 até 21h27. Nesse período, foram registrados 11 cancelamentos e cinco atrasos de voos. Por volta das 22h30, as operações já estavam normalizadas. O Galeão não chegou a ter restrições. Já os trens tiveram problemas devido a uma falha no fornecimento de energia por volta das 20h15 nas proximidades da estação Deodoro. Por isso, os trens dos ramais Japeri, Santa Cruz e Deodoro precisaram aguardar ordem de circulação. Às 22h30, os três ramais operam com intervalos irregulares.  

continua após publicidade