Geral

Acidente-Rio 2 - (Atualizada)

Da Redação ·

Operários de obra foram os primeiros a fazer resgate em acidente RIO DE JANEIRO, RJ, 2 de abril (Folhapress) - Operários de uma obra da prefeitura foram os primeiros a socorrer as vítimas do acidente com um micro-ônibus na avenida Brasil, na tarde de hoje, na zona norte do Rio. Segundo o Corpo de Bombeiros, ao menos sete pessoas morreram - cinco homens e duas mulheres. Os feridos foram levados para os hospitais de Bonsucesso, Saracuruna, Souza Aguiar, Miguel Couto e Getúlio Vargas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, duas pessoas deram entrada no Miguel Couto em estado grave, com politraumatismo. Outras duas pessoas estão em observação no Souza Aguiar. Não há informações sobre o total de sobreviventes. "Ouvimos só o barulho, quando o ônibus caiu. Está triste. As pessoas estão ajudando a tirar os corpos de dentro do ônibus. O pessoal da obra do lado foi o primeiro a aparecer, com uma máquina escavadeira para tentar ajudar", contou Julio Cesar Monteiro Neves, vendedor de uma madeireira a 50 m do local. Segundo ele, o socorro do Corpo de Bombeiros chegou rápido. O vendedor de uma loja de autopeças, ao lado da madeireira, Luciano Siqueira diz ter visto o ônibus cair. "Eu vi caindo. Atravessou a mureta e caiu de cabeça pra baixo. Ninguém conseguiu sair de lá de dentro. Quem sobreviveu, foi retirado pelo resgate. A gente ligou aqui da loja", afirmou. Ele estimou em dez minutos o tempo entre o acidente e a chegada dos Bombeiros.  

continua após publicidade