Geral

Motorista de ônibus escolar é morto a tiros

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 2 de abril (Folhapress) - O motorista de ônibus escolar Robson da Silva, 35, foi morto a tiros na tarde de ontem em Francisco Morato, cidade da Grande São Paulo.

De acordo com a polícia, dois homens o abordaram por volta das 18h20, quando ele deixava a última criança em casa. Os suspeitos, então, pediram para o motorista dirigir o veículo até uma área rural do município, o bairro da Patarra.

Depois de pararem em um terreno baldio, os homens obrigaram Silva a se ajoelhar e disparam dois tiros em sua cabeça. Ele morreu na hora.

Duas monitoras, que auxiliavam o motorista no transporte das crianças, presenciaram o crime e tiveram os celulares roubados. Elas não se feriram.

Os suspeitos fugiram a pé e ainda não foram presos. A polícia suspeita de vingança ou de crime passional.

O caso foi registrado na delegacia central de Francisco Morato.

PM é atingido no capacete

Um policial militar saiu ileso na madrugada de hoje ter o capacete perfurado por uma bala durante troca de tiros com suspeitos de roubarem um carro no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo.

Durante a perseguição, os dois suspeitos bateram em um muro na rua Antônio Machado Silva, saíram do veículo e dispararam contra os policiais. Na troca de tiros, um dos suspeitos foi baleado e encaminhado a um hospital da região. O outro conseguiu fugir.

O caso será registrado no 50º DP (Itaim Paulista).
 

continua após publicidade