Geral

"Nilba e os Desastronautas" estreia na nova programação da Cultura

Da Redação ·

Por Marina Galeano SÃO PAULO, SP, 27 de março (Folhapress) - A TV Cultura divulgou, no começo desta semana, a nova grade de programação do canal para 2013. As crianças, como de costume, ganharam atenção especial. São oito atrações voltadas para o público infantil, além de uma série dirigida aos adolescentes. Em um dos estúdios de gravação da emissora, os apresentadores da casa simularam um programa ao vivo para divulgar os novos conteúdos. Júlio e outras estrelas do Cocoricó, que se preparavam para entrar ao vivo na TV Cocoricó, deram uma palhinha e falaram sobre as novidades da turma do paiol. O restante da programação infantil ficou por conta dos personagens do "Quintal da Cultura" e pela molecada do "Cartãozinho Verde". Todos eles fizeram a maior bagunça no "programa" comandado por Maria Cristina Poli e João Victor. "Nilba e os Desastronautas" Disposto a se tornar um piloto estelar, um menino de oito anos contrata a pior equipe de astronautas e arranja uma nave "meia-boca" para se aventurar pelo universo. O resultado, como se pode imaginar, não é dos melhores... Nilba e seus amigos ficam presos em um minúsculo astro celeste, no meio da galáxia -a Lua Ervilha. Agora, o desafio é voltar à Terra, em meio a muitas confusões. No dia 1º de abril, a TV Cultura estreia em sua grade de programação a série "Nilba e os Desastronautas", uma coprodução entre a Fundação Padre Anchieta e a 44 Toons. O desenho será exibido dentro do "Quintal da Cultura" (às 9h30 e às 14h30). Os capítulos, sempre muito bem-humorados, buscam inspiração em personagens famosos da TV e do cinema, como o capitão Jack Sparrow, do filme "Piratas do Caribe"; Sherlock Holmes, Fofão, Alien, dentre outras figuras tarimbadas. Nilba e os tripulantes da nave S.S. Geniwald também vão dar as caras fora do Brasil -a série infantil foi vendida para um o Starz, um canal pago dos Estados Unidos. Esta é a primeira vez que uma animação 100% brasileira chega em solo americano. "Cocoricó Conta Clássicos" Cocoricunda, Rapunzilica, Dita de Neve e os Sete Anões -apesar de meio estranhos, esses nomes parecem um tanto familiares. Alguns deles, inclusive, já foram parar no cinema. A partir de julho, a Cultura exibe "Cocoricó Conta Clássicos", adaptações de contos de fadas e outras conhecidas histórias infantis, interpretadas pela turma do paiol, que viraram filme no ano passado. O programa tem a proposta de integrar essas histórias à cultura brasileira, sempre sob o ponto de vista dos personagens do Cocoricó. Além dos contos mostrados nas telonas, a série traz episódios inéditos, como "João e Mariba". Na primeira temporada, serão exibidos "O Gaitista de Quixeramobim", "Cocoricunda", "Rapunzilica", "Os Cigarras e as Formigas", "João e Mariba", e "Dita de Neve e os Sete Anões". Outras Novidades A Cultura incluiu ainda em sua grade de programação "Peixonáuticos" (sim, o famoso peixe astronauta ganhou um programa só seu); "T.R.EX.C.I." (que conta as aventuras de um robô atrapalhado durante sua missão no planeta Terra); "Osmar" (desenho sobre a complicada vida da primeira fatia de um pão de forma); e "Historietas Assombradas" (histórias de terror cheias de humor para a criançada). "Sítio do Picapau Amarelo" Numa parceria com a rede Globo, a Cultura leva ao ar, a partir de julho, o "Sítio do Picapau Amarelo". As produções "Castelo Rá-Tim-Bum" e "Cocoricó" serão cedidas para a grade da Globo Internacional. Para meninos e meninas que adoram futebol, o "Cartãozinho Verde" também vem com novidades. Além do cenário reformulado, a nova apresentadora, Paula Vilhena, e os comentaristas mirins apresentarão o programa ao vivo, todo sábado, às 16h30. O público adolescente poderá assistir aos 52 episódios de "Pedro & Bianca", série que tem entre seus criadores o diretor Cao Hamburger e que traz o cotidiano de dois irmãos gêmeos (ele branco, ela negra) em uma escola pública.  

continua após publicidade