Geral

Papa decide morar na Casa de Santa Marta

Da Redação ·
Papa decide morar na Casa de Santa Marta em início de pontificado
fonte: arquivo
Papa decide morar na Casa de Santa Marta em início de pontificado

SÃO PAULO, SP, 26 de março (Folhapress) - O Vaticano informou hoje que o papa Francisco decidiu morar na Casa de Santa Marta, local onde se hospedam os cardeais no período de conclave, em vez de ir ao apartamento papal no Palácio Apostólico. O local será usado para encontros oficiais.

Segundo o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, as obras do apartamento papal já foram concluídas, mas que ele decidiu por ficar no apartamento onde está por enquanto. "Após a missa desta manhã, o papa, com palavras muito simples, deu a entender que pelo menos nesta primeira fase permanecerá hospedado ali."

Francisco está no apartamento 201 da Casa de Santa Marta, mais confortável que o quarto que usou no período de conclave. Lombardi diz que o local inclui uma sala de reuniões "que permitirá receber mais facilmente as pessoas e ter um espaço mais amplo".

As audiências oficiais e encontros com grupos, bispos ou chefes de estado continuarão sendo no segundo apartamento do Palácio Apostólico, onde se encontra a Biblioteca Privada e a sala Clementina. Foi no local que ele recebeu as presidentes da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, e do Brasil, Dilma Rousseff.

A Casa de Santa Marta foi a casa do papa Francisco desde que entrou como cardeal no conclave que culminou em sua escolha como pontífice, sucedendo o papa emérito Bento 16. Após eleito, ficou na residência, onde também vivem funcionários do Vaticano e se hospedam cardeais em visita à Santa Sé.

Com isso, o cardeal Jorge Mario Bergoglio quebra novamente o protocolo do Vaticano, que determina como moradia o apartamento do Palácio Apostólico. Seus antecessores, João Paulo 2º e Bento 16, ocuparam o local após os dias de reforma.
 

continua após publicidade