Geral

Jornal diz que governo francês confirmou morte de líder terrorista

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 23 de março (Folhapress) - O jornal francês "Le Monde' disse na edição de hoje que o governo da França confirmou, através de exames de DNA, que o líder da Al Qaeda no Magrebe Islâmico, Abu Zeid, foi morto durante operação conjunta dos soldados franceses e chadianos no norte do Mali. Zeid, de 46 anos, teria morrido no final do mês na região onde o seu grupo formara um santuário. A princípio, as autoridades francesas se mostraram cautelosas, apesar de terem encontrado no local da operação sua arma e os corpos de alguns dos seus auxiliares diretos. O presidente do Chade, Idriss Déby, confirmou a morte do terrorista no último dia 1º, mas as autoridades francesas seguiram pedindo prudência até a divulgação dos resultados dos exames de DNA. Segundo o "Le Monde", o Exército francês comparou mostras do DNA do cadáver com traços dos familiares de Zeid na Argélia, o que permitiu a identificação do terrorista.  

continua após publicidade