Geral

Para ministro, tirar nota máxima no Enem pode ficar mais difícil

Da Redação ·





Por Johanna Nublat

BRASÍLIA, DF, 22 de março (Folhapress) - O ministro Aloizio Mercadante (Educação) afirmou hoje que vai discutir com especialistas a ideia de aumentar o rigor na nota das redações do Enem. A proposta é que as redações que ganharem nota máxima na análise feitas pelos dois primeiros corretores sejam encaminhadas, obrigatoriamente, para avaliação de uma banca. Hoje, a nota máxima pode ser definida já pelos primeiros corretores.

Segundo o ministro, 2.080 redações tiraram a nota máxima (1.000) na última prova. "Há um debate. Os linguistas consideram que um erro isolado pode não comprometer a qualidade da redação", disse Mercadante. Essa alteração, junto com a definição de que deboches inseridos nos textos signifiquem zerar a nota da redação, são aprimoramentos que podem dar conta da polêmica levantada, avalia o ministro.

"É que nem jogo de futebol. Nem sempre o juiz interpreta as regras como deveria", disse ele.
 

continua após publicidade