Geral

Defesa de Nardoni não foi enfática

Da Redação ·
 Durante explanação, Cembranelli chegou a discutir com Podval
fonte: googleimagens.com
Durante explanação, Cembranelli chegou a discutir com Podval

Francisco Cembranelli, promotor do caso Isabella, afirmou nesta sexta-feira (26) que esperava que os advogados de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá fossem mais enfáticos durante o júri. “Eu esperava que a defesa viesse com um tsunami contra o trabalho de perícia, mas trouxe apenas uma onda”, afirmou.
 

continua após publicidade

Durante sua explanação, Cembranelli chegou a discutir com Podval. Nessas ocasiões, ambos eram advertidos pelo juiz que preside o julgamento, Maurício Fossen.
 

Na manhã desta sexta, Cembranelli utilizou dados telefônicos e do rastreador do carro de Alexandre para, segundo ele, provar que o “casal estava no apartamento no momento em que Isabella caiu da janela”. Ele acrescentou que fará a réplica após a fala da defesa. (Com informações da TV Globo)