Geral

Eletropaulo deve justificar falha após chuva e pode ser multada

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 19 de fevereiro (Folhapress) - A AES Eletropaulo tem até amanhã para encaminhar à Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia) os esclarecimentos para as falhas ocorridas em decorrência das chuvas da última quinta-feira. Com base na resposta, a empresa poderá ser notificada e até multada.

De acordo com a agência, 44 circuitos de distribuição de energia da Eletropaulo foram desligados naquele dia e o call center da concessionária ficou fora do ar por 5 horas e meia. Com isso, foi iniciado no dia seguinte um processo de fiscalização, com a realização de reuniões com representantes da empresa.

Ontem, a Arsesp encaminhou uma série de questionamento para a Eletropaulo, que deverão ser respondidos até amanhã de manhã. A partir das respostas poderá ser feito um termo de notificação e posteriormente poderá gerar uma advertência ou uma multa à empresa.

Durante o temporal de ontem, novos pontos de falta de energia ocorreram, principalmente, em decorrência de quedas de árvores. Na tarde de hoje, técnicos ainda tentavam restabelecer a energia no cruzamento entre as alamedas Casa Branca e Lorena, nos Jardins; e na rua Visconde de Inhomerin, na Mooca.

Nos dois casos de falta de energia que persistiam, os problemas eram resultado de queda de árvores de grande porte que atingiram a rede elétrica, segundo a Eletropaulo. Os eletricistas aguardavam remoção e liberação do Corpo de Bombeiros para reconstruir a rede.

Em nota, a Eletropaulo afirmou que "segue prestando todas as informações solicitadas pela agência até a finalização do referido processo."
 

continua após publicidade