Geral

Sete franceses são sequestrados em Camarões

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 19 de fevereiro (Folhapress) - Homens armados sequestraram sete franceses, incluindo três crianças, hoje no norte de Camarões, próximo à fronteira com a Nigéria, confirmou o presidente da França, François Hollande. "Eles foram levados por um grupo terrorista que sabemos estar na Nigéria", disse Hollande em visita à Grécia.

"Eu vejo a mão do (grupo militante nigeriano) Boko Haram nesta parte de Camarões. A França está no Mali e vai continuar até que sua missão seja completada", completou.

A Rádio França Internacional informou mais cedo que a embaixada francesa em Yaounde havia confirmado que sete pessoas foram levadas por homens armados em motocicletas e estavam sendo levados para a Nigéria. Os turistas foram levados no começo da manhã de um vilarejo a cerca de dez quilômetros da fronteira com a Nigéria, próximo ao parque nacional de Waza. Outros oito cidadãos franceses estão sendo mantidos em cativeiro por grupos suspeitos de ligações com a Al Qaeda.

No domingo, sete estrangeiros de diversos países foram levados de uma obra executada por uma empresa libanesa na Nigéria e o grupo extremista islâmico Ansaru assumiu a responsabilidade. Em comunicado, o grupo disse que os sequestros são motivados pelas "transgressões e atrocidades feitas à religião de Alá por países europeus em muitos lugares, como o Afeganistão e o Mali".
 

continua após publicidade