Geral

Marginal Tietê tem 11 km de filas; cidade acumula 12 alagamentos

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 18 de fevereiro (Folhapress) - A chuva que atinge a região metropolitana de São Paulo na tarde de hoje provocava 12 pontos de alagamento na capital paulista por volta das 17h20. Com isso, o trânsito na cidade estava acima da média, com 91 km de filas, o que representa 10,4% dos 868 km de vias monitoradas. A média do horário é de 5,4%. Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência), da prefeitura, cinco pontos de alagamento estavam intransitáveis. Esses piores pontos estavam na praça Quatorze Bis, no túnel Max Feffer, na avenida Professor Francisco Morato, na Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello e na 23 de Maio. Já a via mais congestionada da cidade era a marginal Tietê, com 11,8 km de lentidão, na pista expressa, no sentido Ayrton Senna, desde a ponte Atílio Fontana até a rua Azurita. Na pista local, ainda no sentido Ayrton, havia mais 7,9 km de retenção entre a Casa Verde e a Atílio Fontana. Além dos alagamentos, a CET apontava 35 semáforos apagados e outros 35 com amarelo intermitente. Entre os cruzamentos com problema na sinalização estavam a avenida Atlântica, a avenida Sapopemba, a avenida Imirim, a avenida São Miguel, entre outras. Em média, a cidade tem problemas em 40 semáforos por dia. A chuva também provocou o fechamento do aeroporto de Congonhas (na zona sul), às 16h15. O aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (na Grande São Paulo), funcionava normalmente. Veja os pontos de alagamento intransitáveis: - praça Quatorze Bis, ambos os sentidos, próxima a rua Manoel Dutra; - túnel Max Feffer, os dois sentidos, perto do cruzamento da av. Cidade Jardim com a Faria Lima; - avenida Professor Francisco Morato, nos dois sentidos, próximo à praça Paula Moreira; - rua Turiassu, sentido único, próximo à praça Marrey Junior; - avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, nos dois sentidos, perto da rua Amparo; - avenida do Estado, sentido Ipiranga, perto a rua Oliveira Alves; - avenida 23 de Maio, ambos os sentidos, na altura do viaduto General Euclides de Figueiredo.  

continua após publicidade