Geral

Cultura-Notas

Da Redação ·

Tarantino fará papel em filme de "spaghetti western"





SÃO PAULO, SP, 15 de fevereiro (Folhapress) - O diretor italiano veterano Enzo G. Castellari, um dos últimos remanescentes da era dos "spaghetti western" (filmes de faroeste filmados na Itália) ainda na ativa, anunciou que Quentin Tarantino fará uma ponta em seu novo filme. Tarantino é fã declarado do gênero, tendo mostrado referências inúmeras a ele ao longo de toda sua carreira. Em seu último filme, "Django Livre", até mesmo o nome do protagonista vivido por Jamie Foxx é inspirado num herói chamado Django, derivado dos filmes de Sergio Corbucci. O filme de Castellari se chamará "Badlanders". "Nós voltamos a fazer faroestes, e Tarantino me prometeu que fará um papel pequeno em meu filme", disse o cineasta ao jornal italiano "La Stampa". Outro que deverá aparecer em "Badlanders" é o ator Franco Nero, que viveu o Django original --ele também participou de "Django Livre". Nero e Castellari trabalharam junto no maior sucesso do diretor, "Keoma" (1976).

O cineasta também afirmou que gosta muito do trabalho de Tarantino, que, segundo ele, reanimou o "spaghetti western".



Atriz de "Melrose Place" é condenada a prisão por causar acidente fatal



SÃO PAULO, SP, 15 de fevereiro (Folhapress) - A atriz Amy Locane-Bovenizer, que interpretou a personagem Sandy na primeira temporada da série "Melrose Place" (que foi ao ar entre 1992 e 1999), foi condenada a três anos de prisão por ter causado um acidente que matou uma outra mulher em 2010. Locane-Bovenizer estava alcoolizada no momento do acidente. Exames mostraram que ela tinha três vezes mais que a quantia permitida de álcool no sangue no momento em que seu carro atingiu o veículo do casal Fred e Helene Seeman. Helene morreu na hora e Fred ficou bastante ferido. A sentença foi bem menor do que a que os promotores desejavam (dez anos), o que irritou a família da vítima. Ela tinha 60 anos quando morreu. A atriz, 41, havia se aposentado de sua carreira cinematográfica e morava em Somerville, no Estado americano de Nova Jersey, na época do acidente. De acordo com o juiz que condenou Locane-Bovenizer, a sentença foi reduzida porque a atriz possui uma filha com sérios problemas físicos e mentais. Ela também atuou num famoso filme ao lado de Johnny Depp, "Cry-Baby" (1990).
 

continua após publicidade