Geral

Trânsito-Rio - (Atualizada)

Da Redação ·

Após queda de pedras, prefeitura nega "risco iminente" em túnel Diana Brito RIO DE JANEIRO, RJ, 14 de fevereiro (Folhapress) - A Geo-Rio (Instituto de Geotécnica do Município do Rio de Janeiro) disse não haver "risco iminente" de desabamento no túnel Acústico, que liga São Conrado à Gávea, na zona sul do Rio. Técnicos da fundação vistoriaram a passagem após o desprendimento de uma lasca no paredão rochoso, por volta das 7h30. Motoristas que passavam pelo túnel se assustaram com as pedras que caíram na lateral da pista sentido Gávea. Ninguém ficou ferido. A assessoria da Geo-Rio afirmou em nota que técnicos constataram que a lasca de pedra se desprendeu da parede do túnel "por causa geológica, decorrente de uma ação natural". "O desprendimento ocorreu na lateral e não no teto. A vistoria realizada hoje pela Fundação Geo-Rio apontou que não há risco iminente na área e que o tráfego da via segue normal", afirmou o instituto. Uma das duas faixas da pista, sentido Gávea, chegou a ser interditada pela CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tráfego) por quase uma hora, até as 8h25. A Comlurb, companhia de limpeza pública da cidade, também mandou uma equipe para fazer a limpeza no túnel.  

continua após publicidade