Geral

ACM Neto muda circuito mais antigo da cidade

Da Redação ·

Por Nelson Barros Neto SALVADOR, BA, 13 de fevereiro (Folhapress) - Após mais de uma década praticamente inalterado, o Carnaval de Salvador terá duas grandes mudanças a partir de 2014, quando o prefeito ACM Neto (DEM) diz que realizará uma segunda festa oficial durante a Copa do Mundo na cidade. O circuito Osmar, o mais antigo e tradicional, será reduzido pela metade. Também há chance de o sentido do desfile ser invertido. Diferentemente do trajeto do Dodô, entre os bairros da Barra e Ondina, o Osmar é feito de maneira circular: os trios saem do Campo Grande, fazem a volta na curva da praça Castro Alves e retornam pela avenida ao lado. "Queremos valorizar mais o centro antigo", disse ACM Neto, afirmando que um estudo de viabilidade técnica será feito, além de reuniões quinzenais de um grupo de trabalho sobre a folia. Na opinião da prefeitura, a região sofreu um processo de estrangulamento, sem áreas de escape e camarotes mal colocados nas ruas. "Antes, o Carnaval só era pensado no fim de cada ano. Não existirá mais essa folga", disse, em crítica à gestão anterior, da qual seu partido chegou as participar. Na eleição, ACM Neto recebeu apoio do ex-prefeito João Henrique (PP). Afro A outra alteração será a criação do chamado Afródromo, um novo circuito exclusivo para blocos afros, projetado pelo músico Carlinhos Brown. A ideia da prefeitura é transformar o desfile em algo "mais contemplativo", com arquibancada e características que lembram o Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio. "Na minha opinião, a Bahia vai importar um pouco a estrutura das escolas de samba, da mesma maneira que os cariocas estão um pouco importando o Carnaval caótico de rua da Bahia", disse à reportagem o músico Gilberto Gil, que há dois dias conversou com Neto sobre as novidades. O Carnaval-2013 terminou com quatro mortes, duas delas por homicídio, ante uma no ano passado. Por outro lado, o total de ocorrências policias diminuiu 15%.  

continua após publicidade