Geral

Confronto com policiais em manifestação deixa ao menos nove mortos

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 12 de fevereiro (Folhapress) - Pelo menos nove pessoas foram mortas hoje por disparos da polícia contra manifestantes que protestavam contra a realização de eleições municipais na região de Assam, no nordeste indiano, informaram fontes oficiais do país à agência de notícias local Ians. As nove mortes aconteceram em diferentes áreas da Região Autônoma de Rabha-Hasongdel, no distrito meridional de Goalpara, segundo o conselheiro de Interior de Assam, G.D. Tripathy. Tripathy contou que a polícia precisou usar a força depois que eleitores foram atacados pela multidão enfurecida. Uma fonte policial deu outra versão ao canal de televisão local NDTV, ao dizer que os policiais atiraram contra os manifestantes depois que um agente foi apunhalado e um grupo de pessoas atacou outros policiais e roubaram suas armas. A fonte, que não foi identificada, disse ao canal que o agente foi apunhalado quando dizia às pessoas que se mobilizavam a obrigação de todo cidadão participar das eleições. As autoridades locais decretaram o toque de recolher nas áreas onde se registraram os focos de violência. De acordo com a agência Ians, a etnia majoritária da região autônoma, os rabhas, se opõe à realização de eleições para conselho municipal ou "panchayat" porque querem que antes haja eleições legislativas em todo o distrito. Os incidentes violentos são comuns em Assam, que viveu graves confrontos étnicos e religiosos no verão passado,  

continua após publicidade